RSI: Tudo O Que Você Precisa Saber Sobre Um Dos Indicadores Mais Utilizados Pelo Mercado!

COMPARTILHE O ARTIGO

Introdução

O Índice de Força Relativa ou, em inglês, Relative Strength Index (RSI), é um indicador muito comum em análises técnicas (por analistas dessa área). Foi desenvolvido por J. Welles Wilder Jr., analista técnico estadunidense e formado em engenharia mecânica. 

A principal função do Índice de Força Relativa é, como sugere o próprio nome, indicar a força relativa do preço do ativo com base no período “X” anterior. Sendo assim, esclarecendo a força do ativo, o indicador é muito utilizado para identificar preços em sobrecompra e/ou sobrevenda. 

Muitos desenvolvedores de sistemas de trading utilizam o RSI, combinado com outros indicadores, para formar seu sistema de trading.

Interpretação

Com base na adoção (generalizada) do mercado, nota-se que a interpretação do indicador, que possui escala de 0 a 100, baseia-se em:

  • RSI > 70 : sobrecompra ;
  • RSI < 30 : sobrevenda ; 

De modo geral, pontos de sobrevenda e sobrecompra costumam indicar reversões de tendência, ou meros pullbacks (correções). 

O RSI pode ser utilizado em inúmeros períodos, tendo como os mais populares 5, 9 e 14.

Fórmula

RSI = 100 – 100/(1+RS), onde:

RS =  Média de X períodos de alta/Média de X períodos de baixa.

Exemplos Práticos

A seguir, será visível exemplos práticos onde o RSI foi utilizado para indicar pontos-chave em meio a tendências. Abaixo de 30, interpretaremos sobrevenda. Acima de 70, será interpretado a sobrecompra. Nos gráficos a seguir, o indicador RSI encontra-se na parte inferior do gráfico. Note:

IBOV 1D – TradingView

Em ambos os gráficos, vender o ativo em indicações de “sobrecompra” do RSI e, como ocorrido na imagem acima, comprá-lo enquanto o RSI indica “sobrevenda”, resultou em posições lucrativas no médio/longo prazo.

IBOV 1D – TradingView

Com o indicador (isoladamente), foram surfadas quedas acima de -40%, além de altas acima de +55%. Desse modo, ainda que não seja 100% assertivo, o Índice de Força Relativa se mostra um possível indicador técnico para denotar padrões de compra e venda.

Bitcoin 1D – TradingView

Com o modelo de interpretação do RSI, em 2020, foi possível acumular +100% de rendimentos em apenas uma operação, com duração de 3 meses (março a maio- 2020).

Linhas de Tendência no RSI

Além da interpretação numérica/exata, muitos analistas também realizam análises gráficas em cima do RSI. Assim, é possível traçar linhas de tendência, rompimentos e até mesmo utilizar médias para realizar inferências dos dados fornecidos a partir da forma do Índice de Força Relativa. A seguir, veja um exemplo de análise gráfica no RSI:

Bitcoin 1D – TradingView

Primeiro, desenhou-se a linha de tendência de baixa com base nos valores passados do RSI. Após isso, identificou-se seu rompimento conforme área sinalizada. Observe que, após seu rompimento, o Bitcoin deu início a um rally de alta com performance acima de +100%. 

Conclusão

O Índice de Força Relativa é um indicador tradicional, todavia, eficiente. Seja para análise técnica ou mesmo desenvolvimento de sistemas de trading, o RSI possui o potencial de esclarecer cenários do ativo em análise, a fim de aumentar a rentabilidade do investidor que o utilize.  

Após esse artigo, o RSI não é apenas mais um número em ferramentas de análise técnica e sua utilização será simples e útil para sua análise. 

Equipe Nousi

A maior equipe de análise de investimentos do Brasil, 100% dedicada a te ajudar a encontrar as melhores oportunidades de investimento

Deixe seu comentário abaixo:

Receba conteúdos diários gratuitamente

Nousi Finance © Copyright 2022 - Todos os direitos reservados